segunda-feira, 18 de março de 2013

Lama Divina


Original Aqui

Ingredientes
Para o bolo
150g de manteiga sem sal,
100g de chocolate amargo picado
100g de açúcar branco
100g de açúcar mascavado
50g de cacau em pó peneirado
180ml de Baileys
170g de farinha de trigo sem fermento
1,5 colheres de chá de fermento em pó
1/2 colher de bicarbonato de sódio
1/2 colher de chá de sal fino
3 ovos em temperatura ambiente

Para o ganache de Baileys e chocolate
200g de chocolate (finamente picado)
100ml de natas
100ml de Baileys
Pitada de sal marinho
15g de manteiga sem sal (amolecida à temperatura ambiente)


Preparação
Pré-aquecer o forno a 160°C. Untar uma forma de 20cm com manteiga, polvilhar com farinha e reservar.
Numa panela, colocar a manteiga, o chocolate, o açúcar branco e o mascavado, o cacau em pó e o Baileys. Com uma vara de arames, envolver a mistura até ficar bem ligada, fluida e sem grumos. Retirar do fogo e deixar arrefecer durante 5 minutos. Peneirar a farinha, o fermento, o bicarbonato e o sal e reservar. Adicionar os ovos à mistura de chocolate ligeiramente resfriada e bater até incorporar tudo. Adicionar a mistura de farinha, até que esta esteja isenta de grumos. Colocar a massa na forma e, de seguida, colocar no forno cerca de 40-45 minutos, ou até que um palito espetado no bolo saia limpo mas não muito seco. Retirar do forno e deixar arrefecer na forma durante 10 minutos, antes de desenformar.
Colocar o chocolate picado numa tigela refractária e reservar. Levar as natas, o Baileys e o sal a ferver numa panela. Despejar sobre o chocolate e deixar por um minuto. De seguida, colocar a manteiga e envolver tudo delicadamente. Reservar no frio até ficar com a consistência desejada para espalhar sobre o bolo.
Colocar o bolo num prato e, por cima, distribuir o ganache, o qual deve ser ligeiramente batido previamente.

Compota de Cerejas



Original Aqui

Ingredientes

  • 1 kg de cerejas pesadas depois de retirar os caroços
  • 300g de açucar

 Preparação Bimby

Colocar a borboleta e 300g de cerejas no copo. Programar velocidade 3 até o som mudar e perceber que os caroços já se soltaram da fruta. Deitar num prato e eliminar os caroços. Repetir até acabar as cerejas.
Sem borboleta, deitar as cerejas arranjadas, o sumo e o açucar, triturar uns segundos, velocidade 5. Programar 40 minutos, velocidade 1, temperatura 100.
Retirar o copinho,  substitui-lo pelo cesto virado ao contrário e programar mais 20 minutos, temperatura varoma, na mesma velocidade.
Verificar a consistência, se achar necessário, por gostar mais denso, ou se for para guardar algum tempo,  ferver mais uns minutos na mesma velocidade e temperatura.
Esperar que arrefeça e guardar em frascos herméticos.

 Preparação Tradicional

Descaroçar as cerejas e deitá-las num tacho, juntamente com o açucar. Levar a lume brando, mexendo de vez em quanto até atingir a consistência pretendida.
Utilizar a varinha mágica ou um robot de cozinha para triturar o doce, se não gostar de encontrar bocados de fruta.
Esperar que arrefeça e guardar em frascos herméticos.


Tortellini com Molho de Cogumelos e Salva



Original Aqui

Ingredientes:

3 colheres de sopa de manteiga
1 cebola pequena
1 couvete de cogumelos (ou o equivalente em cogumelos congelados)
1 pouco de coentros picados
1 cálice de Moscatel (podem também usar vinho do Porto, Madeira...)
1 pacote de natas
6-7 folhas de salva cortadas em 2-3 bocados
Sal, pimenta

Preparação:

1. Derreter a manteiga numa frigideira. Juntar a cebola e saltear.
2. Adicionar os cogumelos e os coentros, temperar e cozinhar um pouco.
3. Juntar o vinho, mexer bem, e deixar ferver um pouco.
4. Adicionar as natas, rectificar os temperos, adicionar a salva, e deixar o molho engrossar.

domingo, 23 de dezembro de 2012

Sopa de Courgette com Ameijoas


 
Original Aqui


Ingredientes:

2 cougettes médias/grandes
1 cebola média
1,5 a 2 lt. de caldo de peixe
Sal

1 kg de ameijoas
3 dentes de alho
Coentros picados

Preparação:

Comece por preparar o caldo de peixe. Aproveite a água de cozedura de uns camarões e junte-lhe por exemplo uma cabeça de peixe. Já não fazia esta sopa à algum tempo. Cozi de propósito uma cabeça de peixe espada preto e uns quantos camarões. Coei a água e reservei para a sopa. Como alternativa use um caldo de peixe.

Abra as ameijoas (usei congeladas) com o azeite, os dentes de alhos às rodelas e uma boa porção de coentros picados. Deixe arrefecer um pouco e retire os miolos. Reserve duas ameijoas com casca por prato.

Coloque as courgettes com casca a cozer no caldo de peixe junto com a cebola. Aproveite todo o líquido das ameijoas (com os alhos e o coentros) e junte à sopa no final da cozedura. Triture bem. Incorpore os miolos das ameijoas e está pronto a servir. Decore cada prato com duas ou três ameijoas inteiras.

Uma ideia para saborear ameijoas ou cougette de forma diferente.

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Massada de pescada,tamboril & gambas

Original Aqui


Ingredientes 
para 4 600 g de filetes de pescada e tamboril 
200 g de gambas/camarão grande  
1 pimento verde 
1 cebola 
2 dentes de alho 
Louro  
Azeite 
2 tomates 
60 g de massa pequena (cotovelinho ou outra) 
 500 g de água
 Sal e pimenta 
Coentros  
½ red chilli (opcional)
 
Tradicional 
Faça um fumet com 0,5 l de água e as cascas e as cabeças do camarão.Reserve.Tempere o peixe com sal e deixe em lugar fresco durante 1 hora. Num tacho largo, refogue a cebola, os alhos, o louro, o pimento e o azeite. Adicione o tomate e o red chilli, deixe ferver e tempere com sal e pimenta. Adicione o fumet com a água ou um caldo de peixe natural, deixe levantar fervura junte a massa e o peixe, quando estiver cozido, adicione as gambas, apague o lume e polvilhe com coentros picados frescos, aguarde alguns minutos e transfira para a terrina de servir.
 
Thermomix  
No copo coloque 500 g de água, com as cascas e cabeças dos camarões,que previamente removeu. Programe 5 minutos/100º/velocidade 4.Coe este liquido com ajuda do cesto e reserve. Coloque o pimento, a cebola e o alho e triture na velocidade 5.Adicione o azeite e seleccione 5 minutos/100º/velocidade 1.Adicione o red chillie e o tomate em pedaços ou triture-o e programe + 3 minutos/100º/velocidade 1. Junte o fumet (caldo de camarão que reservou), 500g de água, o sal e a pimenta Monte a varoma com o peixe distribuído pelos 2 pisos e marque 10 minutos/varoma/ velocidade 1. No final coloque a massa e o louro no copo,volte a montar a varoma e programe 15 minutos /varoma /colher inversa. Introduza as gambas no copo, deixando repousar 3 minutos, para que possam cozer. Retire o peixe da varoma, parta-o e coloque-o numa terrina, deite por cima a sopa, decore com coentros frescos.

sexta-feira, 2 de novembro de 2012

Vichyssoise

Original Aqui

Vichyssoise Clássica
Ingredientes:
250 g de alho-francês (só a parte branca)
250 g de batatas descascadas
50 g de manteiga
1,75 l de Caldo de Galinha*
200 g de natas
sal e pimenta q.b.
Cebolinho(guarnição)
Chalotas (guarnição)

Preparação:
Cortar o alho-francês e as batatas em rodelas. Refogar o alho-francês na manteiga, com tampa, sem deixar corar. Juntar as batatas, mexer bem, tapar, e deixar cozinhar cerca de 5 min (cuidado para não agarrar e/ou escurecer). Adicionar o caldo de galinha e deixar ferver até que as batatas estejam bem macias, cerca de 30 min. Rectificar temperos, a pimenta será sempre necessária (de preferência usar pimenta preta acabada de moer), mas o sal pode ser ou não necessário dependendo da quantidade de sal já presente no caldo de galinha. Passar o creme com uma varinha mágica ou misturadora, e passar por um chinês (passador com rede muito fina), para que fique apenas um creme macio, sem presença de vestígios de algum alimento que não tenha sido completamente triturado. Juntar as natas e levar de novo ao lume, deixar ferver, mexendo sempre. Retirar do lume quando o creme já estiver bem ligado. Deixar arrefecer e servir frio (ou morno), com chalotas refugadas e escorridas (devem estar ligeiramente crocantes - Al dente, num ponto perfeito entre o cru e o cozido, sem estarem coradas) e cebolinho picado. 


A minha Vichysoise de Camarão: 

Como podemos ver na figura, eu resolvi fazer ma adaptação da receita para uma Vichyssoise de Camarão. É algo muito fácil pois sendo esta uma receita clássica, a única coisa que podemos alterar será o caldo, e a guarnição da sopa. E foi precisamente o que fiz. Substituí o caldo de Galinha por Caldo de Camarão* e na guarnição coloquei tártaro de camarão (camarão cortado em pequenos cubos, e dois camarões grandes para fazer mais vista e proporcionar altura ao prato, para além disso juntei também rebentos de rabanito simplesmente com o objectivo de conferir mais cor, fazendo um contraste).

Semifrio de Pêssego

 
Ingredientes
  • 250g de bolacha digestiva
  • 100g de manteiga
  • 1 ovo
  • 1 lata grande de pêssego
  • 1 gelatina de pessego
  • 1 lata de leite condensado
  • 2 pacotes de natas
  • 2 pacotes de cuajada

Preparação Bimby

Colocar a bolacha no copo, e triturar 10 segundos, velocidade 7.  Juntar  a manteiga e o ovo e programar 30 segundos velocidade espiga.

Forrar o fundo de uma forma de fundo amovivel com a mistura de bolacha e levar ao frigorifico enquanto prepara o creme.

Para o creme, triturar 150g de pêssego escorrido,  durante 30 segundos, velocidade4, ou até conseguir um puré bem fino. Reservar.

Sem lavar o copo, deitar o leite condensado, as natas e a cuajada e programar 9 minutos, temperatura 90, velocidade 4. Juntar o creme de pêssego reservado e misturar uns segundos na velocidade 3. Terminado o tempo, deitar imediatamente o creme por cima da base.
Deixar arrefecer um pouco, e enfeitar com o pêssego inteiro reservado cortado em fatias finas.
Fazer a gelatina conforme as indicações da embalagem e deitar com cuidado por cima do semifrio.
Colocar no frigorifico durante umas horas ou de um dia para o outro.
Desenformar e servir bem fresco.

Preparação Tradicional

Triturar as bolachas, juntar a manteiga e o ovo, formar uma massa, forrar o fundo de uma forma de fundo amovivel e levar ao frigorifico enquando prepara o creme.

Numa caçarola  juntar o leite condensado, as natas e a cuajada e levar a lume brando, mexendo sempre até engrossar. Juntar o creme de pêssego reservado,  misturar bem e deitar imediatamente por cima da base.
Deixar arrefecer um pouco, e enfeitar com o pêssego inteiro reservado, cortado em fatias finas.
Fazer a gelatina conforme as indicações da embalagem e deitar com cuidado por cima do semifrio.
Colocar no frigorifico durante umas horas ou de um dia para o outro.
Desenformar e servir bem fresco.

Notas - Pode substituir a cuajda por  8 folhas de gelatina. Neste caso em vez de levar a mistura ao lume, dissolver a gelatina num pouco de água quente misturar aos outros ingredientes e mexer bem.
Pode substituir a fruta por outra a gosto, com morangos também fica muito bem e com uma apresentação muito bonita.
Os cremes confecionados com cuajada solidificam muito rapidamente, por esse motivo assim que acabar de o preparar tem que o deitar logo na forma. É um ingrediente não muita fácil de encontrar, mas consegue no El Corte Inglês, em qualquer super ou mini mercado espanhol, ou nos supermercados Froiz no Norte do pais.

Enchiladas de Frango


Ingredientes:

Cebola e alho picados a gosto
Frango desfiado a gosto (pode aproveitar sobras)
Molho de tomate pronto a gosto
Sal e pimenta-do-reino a gosto
Tortillas
Queijo Mozzarela ralado a gosto


Modo de Preparar:
Em uma panela grande fritar a cebola e o alho em um pouco de óleo. Acrescentar o frango desfiado e refogar. Acrescentar o molho de tomate, temperar com sal e pimenta e refogar até apurar. Reservar.

Em uma frigideira, em fogo médio, aquecer cada tortilla dos dois lados. Colocá-las em um prato e cobrir com um pano de cozinha limpo para não esfriarem.

Untar um prato refratário quadrado de 20 cm (8 inches) de lado com um pouco de óleo. No fundo do prato colocar uma camada de molho de tomate.

Rechear cada tortilla com uma porção de frango ao molho de tomate, enrolar como uma panqueca e dispor no prato preparado, lado a lado. Manter a borda da tortilla virada para baixo.

Regar as tortillas com uma camada de molho de tomate e polvilhar com o queijo ralado.

Levar ao forno pré-aquecido a 190ºC (375ºF) por cerca de 15 minutos ou até que o queijo esteja completamente derretido. Servir.

sábado, 14 de maio de 2011

Sopa de Cenoura Caramelizada com Limão e Martini



 500g de cenoura
1 cebola
2 dentes de alho
1/2 colher chá de raspa de limão
1 colher de sopa de margarina
2 colheres sopa de martini bianco
2 colheres sopa de sumo de limão
2 colheres sopa de água + 700ml
Sal e pimenta
Coentros
_________________________________________
thermomix_bimby

Descasque a cebola e as cenouras e corte-as em troncos. Descasque os alhos.
Coloque a cebola, as cenouras, os alhos e a raspa de limão no copo e dê dois toques de turbo.
Junte a margarina, o martini, o sumo de limão e 2 colheres de sopa de água e marque 20 min, temp varoma, vel colher inversa.
Ao fim dos primeiros 5 minutos retire o copinho da tampa e volte a colocá-lo quando faltarem 5 minutos para o tempo terminar.
Adicione a restante água, sal e pimenta: 15 min, temp 100º, vel 1.
Triture 2 min, vel 3-5-7 e rectifique a consistência e os temperos.

Sirva polvilhado com coentros, quente ou fria.

Bolo de Chocolate com Creme de Chocolate



Ingredientes do bolo:
-3 ovos
-300 g de açúcar
-1 pitada de sal
-200 g de farinha
-50 g de cacau (usei Cacao Sampaka)
-1 colher de chá de bicarbonato
-200 g de manteiga
-2,5 dl de leite
-1 colher de sopa de vinagre

Numa tigela coloquei a farinha, açúcar, cacau, sal e bicarbonato. Mexi para misturar os ingredientes. Coloquei o leite e vinagre numa tigela. Deixei repousar 1 minuto. Deitei o leite e a manteiga derretida nos secos. E bati com a varinha de arames durante 2 minutos. Ao fim desse tempo juntei os ovos e voltei a bater mais 2 minutos. Coloquei a mistura numa forma untada e polvilhada com cacau. Levei ao forno pré-aquecido a 180ºC, até o palito sair seco. Desenformei e deixei arrefecer completamente.

Para a calda:
-50 g de açúcar
-2 colheres de sopa de água
-5 cl de rum
Levei os ingredientes ao lume até começar a ferver. Retirei do lume e reservei.
Para o creme de chocolate do recheio:
-100 g de chocolate amargo
-100 g de açúcar
-2 colheres de sopa de maisena
-250 g de manteiga
-2 dl de leite

Fervi o leite com o açúcar. Parti o chocolate em pedaços e juntei ao leite, mexendo sempre até dissolver. Misturei a maisena desfeita em 2 colheres de sopa de leite frio. Nunca deixando de mexer juntei ao leite com o chocolate. Deixei ferver até formar um creme. Deixei arrefecer mexendo de vez em quando para evitar que se formasse numa película. Bati a manteiga até ficar cremosa e pouco a pouco, incorporei no leite frio com o chocolate, mexendo debaixo para cima.

Creme para a cobertura:
-400 g chocolate amargo
-400 ml de natas

Parti o chocolate aos bocados num tacho e juntei as natas. Levei ao lume, sempre a mexer em lume brando, até o chocolate estar derretido e envolvido nas natas. Reservei até arrefecer completamente.
Doce de groselhas para barrar a primeira parte do bolo.

Vamos à montagem do bolo:
Cortei o bolo em três partes. Embebedei o bolo com a calda usando um pincel . A primeira parte do bolo cobri com o doce de groselhas , depois cobri com o creme de chocolate de recheio. Coloquei a segunda parte do bolo e voltei a cobrir com o creme de chocolate. Coloquei a última parte do bolo e cobri o bolo todo com o creme para cobertura. Ralei chocolate por cima do bolo e polvilhei com açúcar em pó.

Oreos



Ingredientes:

Bolachas:

170 g de farinha T55
36 g de cacau puro
1 colher de sobremesa de bicarbonato
1/4 colher de sobremesa de fermento em pó
1/4 colher de sobremesa de sal
190 g de açúcar amarelo
140 g de manteiga à temperatura ambiente
1 ovo

Recheio:

1 embalagem de queijo creme
200 ml de natas
2 colheres de sopa bem cheias de açúcar amarelo

Preparação:

Bolachas:

1. Juntar, num recipiente, a farinha, cacau, bicarbonato, fermento, sal, açúcar e misturar. Juntar a manteiga e bater com a batedeira eléctrica, até ficar bem homogéneo. Juntar o ovo e bater até ficar bem misturado.
2. Formar bolinhas e colocar num tabuleiro forrado com um tapete de silicone. Esborrachar as bolachas, de modo a ficarem bem direitinhas (elas não crescem muito, nem em altura, nem em largura).
3. Levar ao forno 9 minutos a 180 ºC. Findo esse tempo, retirar do forno e deixar arrefecer uns 10 minutos antes de as retirar do tabuleiro.

Recheio:

1. Bater as natas com o açúcar (usei o Speedy Chef) até ficarem bem montadas. Bater depois o queijo creme até ficar bem misturado.

Risotto Tinto de Polvo


Ingredientes: 1 ½ copo de arroz para risotto ou carolino, 1 copo de vinho tinto de boa qualidade, 1 polvo médio (cerca de 1kg), 1 cebola, 1 cebola roxa, 1 dente de alho, ½ pimento vermelho (pequeno), aproximadamente 1lt do caldo de cozedura do polvo, coentros frescos, azeite, sal e pimenta q.b.

Bata o polvo e leve-o a cozer numa panela com água e uma cebola inteira. No final da cozedura coe a água para um recipiente e mantenha-o quente. Corte o polvo em pequenos pedaços e reserve.
Coloque no copo a cebola roxa e o dente de alho e pique 5 seg na vel 5. Junte o azeite e o pimento picado grosseiramente e refogue 4 min, 100º, vel 1. Encaixe a borboleta. Programe 18 min, 100º, vel colher inversa. Deite o arroz. Aos 17 min junte o vinho tinto e deixe evaporar. Vá adicionando o restante caldo aos poucos deixando o arroz absorvê-lo antes de adicionar mais caldo. Tempere com sal e pimenta. Uns minutos antes de terminar o tempo junte o polvo em pedaços, envolva com a espátula e deixe repousar uns minutos.Deixe sempre o risotto mais líquido pois o arroz continua absorvendo o liquido. Polvilhe com os coentros frescos picados na hora e sirva imediatamente.

Notas:
- Use um vinho tinto de boa qualidade sob pena de não obter um bom resultado final;
- Se não for do seu gosto pessoal pode omitir o pimento ou substituí-lo por um tomate maduro limpo de pele e sementes.

Bolo de Maça



3 ou 4 maçãs (usei reineta)
2 chávenas de chá de farinha
2 colheres de chá de fermento
150g de açúcar
200ml de leite
150g de margarina
2 ovos batidos

Para a cobertura

1 copinho da bimby (100ml) de açúcar amarelo
1/2 copinho de caramelo (usei de compra)
150 ml de água

Untar uma forma com manteiga e polvilhar com açúcar (usei uma forma redonda). Colocar a maçã fatiada no fundo e reservar. No copo juntar a farinha, o fermento, o açúcar, o leite, a manteiga e ovos, e bater 30 seg., vel. 4.

Deitar a massa sobre as maçãs. Com o copo lavado, juntar os ingredientes da calda e programar 4 min., 100º, vel. 2.

Regar cuidadosamente a massa do bolo com a calda (esta “operação” poderá assustar um bocadinho, porque parece que a massa fica esburacada, mas é assim mesmo!) e levar ao forno pré-aquecido a 180º por 40-50 minutos.

Feijoada de Polvo


Original Aqui

Ingredientes:
Polvo
3 tomates médios, maduros, sem pele e sem sementes
3 colheres de sopa de azeite
1 cebola média picada
500 gr. de feijão vermelho seco
1 folha de louro grande
2 dentes de alho
1 colher de sopa de pimentão doce/colorau
Sal
Pimenta preta acabada de moer
1 ramo de coentros

Preparação:
*No dia anterior, deixa-se o feijão de molho em água fria.
*No dia seguinte, coze-se o feijão mas sem deixar cozer por completo, só até começar a ficar tenro, porque ele ainda vai acabar de cozer com o polvo e demais temperos. Guarda-se a água da cozedura.
*Coze-se o polvo ( o tamanho ou a quantidade a usar na feijoada fica ao critério de cada um), num pouco de água à qual se junta uma cebola descascada e inteira. Coze-se em lume lento com o tacho tapado, até ficar tenro.Guarda-se a água da cozedura e a cebola cozida.
*Faz-se um refogado com a cebola picada, o louro e os dentes de alho picados, assim que ficar bem louro, junta-se um pouco da água da cozedura do polvo e um pouco da água de cozedura do feijão.
*Corta-se o polvo em pedaços e junta-se à calda, faz-se o mesmo aos tomates.
*Junta-se a cebola que cozeu com o polvo que entretanto se desfez com a ajuda de um garfo.
*Tempera-se de sal e pimenta a gosto.
*Junta-se o feijão e o colorau, deixa-se ferver em lume não muito forte, até o feijão acabar de cozer.
*Se achar necessário, junte mais um pouco das águas de cozer o polvo e o feijão.
*Eu sirvo esta feijoada com uma boa dose de coentros picados.
*Como todas as feijoadas no dia seguinte ainda está melhor.
*Se a congelar para comer passado algum tempo, ela vai apurar e ficar ainda mais saborosa.

Bolo Humido de Maracujá e Coco


  • 1 chávena (chá) de água
  • 300 gr de açúcar
  • 3 colheres de (sopa) de manteiga
  • 1 chávena (chá) de sumo ou polpa de maracujá
  • 6 gemas de ovos e 3 ovos inteiros
  • 4 colheres (sopa) de amido de milho
  • 100 gr de coco ralado 
Preparação:

Leve ao lume a água com o açúcar, até ferver. Baixe o lume e deixe ferver  mais 5 minutos. Retire e junte a manteiga, o sumo de maracujá e deixe arrefecer. Num recipiente, bata as  gemas com os ovos inteiros e o amido. Junte o coco ralado e a calda de maracujá. Misture bem com uma colher de pau. Unte uma forma com margarina e polvilhe com açúcar. Deite a massa e leve ao forno  em banho-maria durante 40 minutos em forno médio. Leve ao frio durante duas horas e desenforme. As fotos mostram o bolo com as duas faces, a de cima mais tostada e a de baixo mais amarelinha, por isso serve-se como se gostar mais.

quarta-feira, 5 de maio de 2010

Alforges




Ingredientes:
1 lata de leite condensado previamente cozido
2 ovos
224g de farinha maizena
250g de farinha de trigo
124g de açúcar em pó
100g de manteiga amolecida
1 c. de sobremesa de fermento em pó
2 c. de chá de essência de baunilha
Preparação:
Bata a manteiga juntamente com o açúcar até obter uma mistura cremosa. De seguida, junte os ovos, um a um, batendo bem entre cada adição. Adicione a baunilha e mexa.
Numa tigela à parte, junte as farinhas com o fermento e adicione a mistura ao preparado anterior. Amasse até que fique homogéneo.
Com a ajuda de um rolo estenda a massa sobre uma superfície enfarinhada. Corte as bolachinhas e coloque-as num tabuleiro previamente forrado a papel vegetal. Leve ao forno a cozer durante cerca de 5 minutos. Atenção que é só até dar tempo dos alfajores secarem pois estes não devem cozer demasiado, devem ficar brancos.
Deixe as bolachas arrefecer antes de as rechear com o leite condensado cozido. Passe os alfajores por côco ralado e guarde em caixa hermeticamente fechada.

Bacalhau com camarão e broa


Para 9 pessoas

Recheio de Bacalhau:

3 cebolas
2 cenouras
4 dentes de alho
Azeite
7 lombos de bacalhau
500g de miolo de camarão
Um pouco do bechamel feito

Espinafres salteados: *

1 molho de espinafres
50g de azeite
3 dentes de alho

Molho Bechamel:

1L de leite
85g de farinha
60 g de manteiga
Sal, pimenta e noz moscada

Montagem:

Broa ralada com alho e coentros
4 ovos cozidos
600g de batata palha ou batatas cozidas às rodelas * 

Triture a broa com os alhos e os coentros na picadora. Reserve.

Coza o bacalhau e os ovos e num tacho à parte escalde os espinafres por uns minutos.
Retire a pele e espinhas ao bacalhau, lasca-se, descascam-se os ovos e reserva-se.

Espinafres salteados:
Descasque e pique os dentes de alho e leve-os ao lume num tacho com um pouco de azeite. Deixe fritar um pouco sem ganhar cor. Junte os espinafres e saltei-os no azeite.
Tempere com sal e pimenta.

Recheio de bacalhau:
Picar cebola e alho, ralar a cenoura e refogar tudo em azeite.
Juntar o bacalhau lascado e o camarão e cozinhar por 5 minutos. Reservar.

Molho bechamel:
Aqueça a manteiga até derreter e junte a farinha. Mexa bem, até que a farinha coza. Vá juntando o leite aos poucos, mexendo sempre entre cada adição para não formar grumos, mantendo o lume brando. Quando o leite terminar, o molho deve estar homogéneo. Tempere com sal, pimenta e a noz-moscada. Reserve.
Após fazer o bechamel retire um pouco para juntar ao recheio de bacalhau.

Montagem:
Untar uma travessa de ir ao forno com um pouco de azeite.
Fazer uma cama de batatas palha ou broa esfarelada e colocar por cima os espinafres.
Voltar a fazer uma camada de batata palha e distribuir um pouco do bechamel por cima.
Dispor uma cama de recheio de bacalhau. Distribuir os ovos cozidos em rodelas e cobrir com o restante bechamel.
Terminar com a broa ralada ou queijo ralado.

Colocar no forno pré-aquecido a 180º até ficar dourado.

Notas:
* Em vez de espinafres, tb se podem usar as tradicionais couves apenas salteadas com azeite e alho depois de cozidas.

* Se preparar tudo na hora, uso batata cozida às rodelas finas. Contudo, devido à azafama dos restantes preparativos, prefiro deixar o tabuleiro de véspera e à hora do jantar é só levar ao forno, por isso uso batata palha porque se for cozida fica sem graça.

Pot Pie de Pato e Mandioca


Para 2 pessoas (4 ramequins)

1 cebola
1 cenoura
160g de mandioca
2 colheres sopa (40g) de margarina
50g de farinha
500ml de caldo de carne caseiro
1 chávena (160g) de restos de carne (pato, peru, cabrito, frango…)
80g cogumelos (ou milho, ervilhas, feijão verde…)
Massa folhada
1 gema de ovo

Corte os cogumelos em cubos e desfie a carne. Reserve.
Descasque a mandioca, retire-lhe o veio e parta em cubinhos.
Descasque a cebola e a cenoura e corte-as também em cubinhos pequenos.

Aqueça a margarina até derreter e junte a mandioca, a cebola e a cenoura. Cozinhe em lume brando por uns 5 minutos.
Junte a farinha e mexa sempre, até que a farinha coza, mais uns 5 minutos.
Mexendo constantemente, adicione o caldo e continue até que a mistura engrosse. Tempere com sal e pimenta, reduza o lume e deixe ferver lentamente por uns 10 minutos. A meio, junte a carne e os cogumelos.

Divida a mistura por 4 ramequins e reserve.
Corte a massa folhada em quadrados mais largos do que a boca dos ramequins e faça uns cortes com uma faca. Pincele com a gema batida, molhe os rebordos dos recipientes com água e tape-os com a massa folhada, unindo-a bem às tigelas.
Neste ponto pode deixar no frigorífico até ao dia seguinte ou levar logo ao forno pré-aquecido a 180º por aproximadamente 30 minutos.

Deixe arrefecer um pouco antes de servir.

Açorda de camarão à Algarvia


Ingredientes (para 3/4 pessoas): 
350gr de pão (preferencialmente caseiro e duro) 
 700gr de água da cozedura do camarão 
500gr de camarão 
7/8 dentes de alho meio molhinho de coentros frescos azeite, sal e pimenta q.b.

(T): Cozer os camarões em água com sal e reservar a água no final da cozedura. Entretanto partir o pão em pedacinhos e colocar num recipiente fundo. Regar o pão com a água da cozedura do camarão previamente coada por um pano. Cobrir o fundo de um tacho com o azeite, juntar os alhos picadinhos e deixar refogar 1/2 minutos. Juntar o pão já demolhado, temperar com sal e pimenta e levar a lume brando, mexendo sempre para não pegar ao fundo. Quando estiver "em papa", retire do lume e junte os camarões e os coentros picados. Adicione os ovos e envolva delicadamente.


Notas: É assim que se faz cá no Algarve. Não usamos o fumet. Se for de marisco, cozemos o marisco todo e é nessa água que também fazemos a açorda. Isto mais o alho e o azeite em abundância fazem a diferença! Experimentem

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Os melhores conselhos...

 

Este video é uma aspirina para a alma. E como as verdades universais devem ser partilhadas, cá vai... vale a pena ver com muita atenção, acreditem em mim ;) e se conseguir fazer-vos sorrir, então a minha vinda à blogosfera hoje foi importante ;)